O vilão mais amado das telonas: Meu Malvado Favorito

Twitter
Compartilhe:

Quando um super vilão resolve cometer um crime nunca antes visto – ou planejado! – na história, dificilmente alguém pode detê-lo. A não ser que surja um super heroi misterioso ou…três inofensivas garotinhas. Meu Malvado Favorito (Despicable Me) é um filme em animação 3D que fez um grande sucesso entre o público, arrancando risadas de crianças e divertindo adultos.

Lançado em 2010, o filme conta a história de Gru – dublado por Steve Carrel -, um vilão que se sente ameaçado por um novo e terrível concorrente do mal, Vetor –  voz de Jason Segel - e, por isso, resolve cometer um crime perverso que o torne novamente o mais temido entre os temidos. O crime? Roubar a Lua. Para por em prática sua ideia, Gru precisa recuperar seu raio encolhedor que fora roubado por Vetor e para isso resolve se aproximar de três órfãs que têm acesso à casa do inimigo. Como? Adotando as meninas e usando-as como ferramentas para atingir sua meta. Só tem um probleminha: Gru esquece que ao adotar as garotinhas ele se torna… um pai. Despicable-Me Dirigido por Pierre Coffin e Chris Renaud – este último, ilustrador que também participou de A Era do Gelo 3 -,  Meu Malvado Favorito se tornou uma animação de grande sucesso, unindo uma história divertida e inteligente, muito humor e personagens engraçadas e encantadoras – como a órfã mais nova Agnes, uma fofura apaixonada por Unicórnios, ou os Minions, bichinhos amarelos indefiníveis que trabalham para Gru. Até mesmo o super vilão cai nas graças dos espectadores – no fundo no fundo, ele não é tão mal assim. Fotos O filme agradou tanto que foi realizada sua sequência: Meu Malvado Favorito 2 tem estreia marcada para julho deste ano – olha o trailer aí embaixo!

Então prepare a pipoca e o fôlego: com certeza vem mais risada por aí!

One thought on “O vilão mais amado das telonas: Meu Malvado Favorito

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>